Como Reduzir a Rotatividade em Restaurantes

O gerente é um cargo fundamental nos serviços de alimentação, pois exerce o papel de líder da equipe e, quando obtêm êxito, se torna referência para seus liderados influenciando seu comportamento. O gerente precisam ter a habilidade de influenciar positivamente a equipe, o que chamamos de liderança de equipe. Fazer com que os funcionários se vejam como parte fundamental da equipe e, assim, exerçam suas atividades com motivação buscando resultados.

A liderança tem papel na construção e manutenção da equipe e pode gerar influências tanto positivas como negativas. Os estilo de liderança mais observados em restaurantes são o autocrático e o democrático. Autocrático é o líder que faz escolhas com base nas suas próprias ideias e julgamentos. Já o líder democrático permite que as pessoas que estão sob a sua autoridade também tenham voz ativa no processo de decisão. Mas, mais importante que o estilo de liderança, o gerente precisa garantir o bem-estar da equipe e criar um ambiente saudável a fim de oferecer uma boa experiência para o cliente.

Uma das funções do gerente é atentar à qualidade e à segurança dos alimentos de acordo com o exigido nas legislações estaduais e municipais. É necessário o controle adequado de todas as etapas de preparo para minimizar os riscos existentes para que sejam servidos alimentos sem risco à saúde do cliente.

Um problema recorrente em restaurantes é a rotatividade de funcionários que afeta a qualidade dos produtos servidos e causa um desequilíbrio na equipe. A melhor forma de reduzir a rotatividade é estabelecer critérios rígidos para o perfil dos candidatos. Admitir profissionais que não se enquadram ao perfil da empresa não só causa prejuízos financeiros como também de convívio social entre a equipe. Contratar um funcionário dentro do perfil da empresa e não acompanhar seu treinamento pode ser catastrófico. Outra ação importante é a avaliação mensal deste funcionário, que deve receber feedback sobre seu comportamento e produtividade. Com estes procedimentos implementados o gerente vai reduzir o desgaste e gerenciar melhor a sua equipe.

Nas empresas de médio e pequeno porte o gerente precisa ter um perfil multitarefa, saber lidar com pessoas e, acima de tudo, gostar do que faz. Subindo na escala hierárquica, os proprietários e diretores também precisam oferecer possibilidades de crescimento para seus gerentes e investir na sua qualificação promovendo cursos e capacitações. Gerentes motivados fazem com que seus funcionários se sintam motivados também. Somente assim a empresa conseguirá desenvolver paixão pelo que faz e se tornar referencia no seu setor.

Selecionamos uma frase do jornalista e escritor Clóvis de Barros Filho, considerado o 3º melhor palestrante do Brasil:

“É que eu adoro o que digo. É impressionante como eu me encanto com o que eu mesmo falo, é impressionante o quanto eu entendo quando eu mesmo explico. Porque tem gente que condena, as pessoas consideram isso arrogância. Mas pare para pensar: se você vai ter que conviver com você mesmo até o fim, se você vai ter que se aguentar até o fim, se você vai ser espectador de você mesmo até o fim, é melhor que se encante com o que faz”. – Clóvis de Barros Filho.

 

Referência:

SOUZA, Ana Carolina. A influência do líder e da cultura organizacional nos índices de não conformidades e rotatividade de pessoal em uma rede de fast food. Revista da Associação Brasileira de Nutrição – RASBRAN. São Paulo-SP. Vol.4, N.5, jan-jun 2012.

 

Escrito por: Flavia Barbosa Leite – Estagiária de Nutrição

Luciane Bones Ostrowski – Nutricionista CRN 2:10600

No Comments Yet.

Leave a comment

You must be Logged in to post a comment.